fundo_2_X.jpg

 

 

Encontro 1: Espelhamento

Momento de conectar com questões individuais para abordar o quanto as crianças se espelham nos pais, com  base em conceitos da neurociência.

 

Encontro 2: Conexão

Perceber de onde vêm muitos de nossos padrões, valores e crenças, e de que forma eles limitam ou contribuem para a educação de nossos filhos pode ser valioso.

Encontro 3: Desenvolvimento

Oportunidade de conhecer um pouco sobre a formação da personalidade da criança e do futuro adulto.

Encontro 4: Comunicação

A forma como comunicamos é determinante para o resultado que conseguimos: colaboração ou resistência, autoridade ou respeito.

 

Encontro 5: Reflexão

Que tipo de mãe e pai você quer ser? Quais valores serão levados adiante e quais serão flexibilizados, a partir do seu processo individual ou em casal.

 

Espelho Meu, Espelho Seu

 

O que você faz hoje, reflete neles amanhã.

A parentalidade como um caminho de desenvolvimento pessoal.

 

A proposta é elevar o seu nível de consciência emocional e muni-lo de conhecimento e ferramentas para que, por meio de descobertas pessoais, encontre o seu modelo de relação pais e filhos.

 

São 5 encontros com conteúdo, vivências, trocas e reflexões que transformam a relação com seus filhos, com seus pais e com todos a sua volta.​

ETIQUETA.png
SIMBOLO_BCO.png

Orientação Parental

 

Muitas vezes percebemos um desequilibro em nossa dinâmica familiar. E, apesar de rapidamente enxergarmos que algo está “errado”, não sabemos o que fazer para que as relações fluam de forma mais leve, descomplicada. A orientação parental destina-se àqueles que sentem necessidade de compreender melhor o(s) filho(s) e/ou de ajustar, de alguma forma, suas dinâmicas e relações.

Acredito que muitas das mudanças que queremos em nossos filhos são mudanças que precisamos aplicar em nós mesmos. O processo inicia-se com uma primeira conversa para compreendermos a sua dinâmica familiar, questionamentos e angústias para então traçarmos juntos um plano de trabalho que faça sentido para cada um.

O adoleSER da menina

 

Acompanhamento para meninas adolescentes durante os ritos de passagem para a vida adulta, buscando honrar o presente de habitar um corpo de mulher. 

Se até aqui podíamos falar da evolução da criança sem distinção entre meninos e meninas, chegou o momento de olharmos separadamente.

As meninas começam seu desenvolvimento fisiológico mais cedo o que traz consequências para a sua evolução psíquica. Sua maturação corporal se inicia e grande parte de suas forças é absorvida por esse crescimento, o que pode acarretar em uma diminuição do seu desempenho e diversos conflitos internos começam a surgir.

Entre eles a necessidade de individualização, caracterizada por uma ânsia de conquista, de vontades e de separação.

Nesse período, estar perto da família pode parecer infantil, e esta é a última coisa que uma adolescente saudável que está deixando a infância quer ser.

Por outro lado, talvez não haja maturidade emocional para atravessarem tantas novas experiências dúvidas e aflições sozinhas ou somente entre amigas.

Com a intenção de apoiarmos essas meninas-mulheres, criamos a Jornada da Crisálida. Um espaço de troca e acolhimento com equilíbrio entre temas propostos e assuntos que emergirem durante os encontros, para que possam compreender a si mesmas e "adoleSERem" com um olhar cuidadoso e amoroso.

 

São encontros presenciais que podem ser atendidos sequencialmente ou avulsos.